quinta-feira, 5 de abril de 2012

Pastel de forno mágico



Ingredientes
3 xícaras de farinha de trigo integral fina
1 colher de chá de fermento biológico
1/2 copo de óleo de girassol ou canola
Sal marinho a gosto



Recheio
Bardana
Cenoura
Óleo de gergelim
Cebola picada
Cebola em rodelas
Sal marinho

Modo de Fazer 
Misture os ingredientes da massa e adicione água, amassando até que a massa solte do recipiente e reserve.

Rala a bardana e a cenoura. Refogue a cebola picada num pouco de óleo de gergelim, acrescentando no final a cebola em rodelas, a bardana ralada e a cenoura.

Depois de refogar levemente, acrescente água até cobrir, sal a gosto e cozinhar em panela de pressão por 15 minutos.

Abra a massa bem fina, coloque o recheio, feche os pastéis e leve para assar em forno médio.






A bardana, também conhecida como gobó, é depurativa, diurética (eficaz eliminador do ácido úrico), colerética, laxativa, diaforética, anti-séptica, estomáquica e antidiabética.



Atua nos casos de insuficiência hepática, dermatoses e funciona como antibiótico externo principalmente para bactérias gram-positivas.

Age na purificação do sangue, em afecções reumáticas, queda de cabelo, picadas de insetos, torções, hemorróidas, enfermidades crônicas da pele, acnes, eczemas, pruridos, seborréia da face, herpes, vesícula inflamada, cálculo biliar, hepatite viral, cirrose.



 Preparam-se com ela uma pomada para eczema e uma loção para evitar a queda de cabelo.


Um cataplasma das folhas frescas alivia as dores provocadas por picadas de insetos, torções e hemorróidas, e a sua infusão serve para limpar feridas e inflamações cutâneas.



As folhas esmagadas e aplicadas diretamente sobre a epiderme têm ação bactericida e antimicótica que a torna um remédio eficaz contra inúmeras doenças de pele, como dermatoses úmidas e purulentas, acnes, eczemas, pruridos, tinha, seborréia da face ou do couro cabeludo e herpes simples.


O óleo de bardana é considerado um estimulante capilar.